Banner do Blog

A importância de variar as hortaliças

Imagem do post

Colado no Panelinha, tem uma feira ótima às quintas. A equipe vai em peso tomar caldo de cana, comer pastel, pegar uma xepa – e ainda volta com umas frutinhas coletivas para a tarde. Que saudade de todo mundo!

A feira é um lugar ótimo para aprender a escolher os alimentos, sair do lugar comum, variar a compra, conversar com feirante e descobrir o que está na época. Só que neste momento, com todas as restrições impostas pelo coronavírus, ir à feira pode não ser uma opção, seja porque em algumas cidades elas foram interrompidas, seja porque, em outras, estão lotadas de gente – fica impossível cumprir as medidas do distanciamento social. Eu mesma não saio de casa há mais de 40 dias. Mas toda semana dá para matar a saudade do clima "moça bonita não paga, mas também não leva!", assistindo o Dia de Feira, no Cozinha Prática. Essa série de episódios vai ao ar sempre às quintas. E o programa é diário, sempre às nove da noite no canal GNT.

Os mercados, com entrega em casa, nem sempre têm variedade – alguns leitores escrevem para nos contar sobre a dificuldade de encontrar algo que vá além de cebola e batata. Não só por isso, este é um bom momento para testar as cestas orgânicas direto do produtor.

(Antes que você escreva perguntando qual é minha indicação de cesta, já adianto: a melhor é a que funciona para você! Dê uma pesquisada no Google com 'cesta orgânicos' + 'nome da sua cidade'. De todo modo, tem uma lista aqui e tem outra lista aqui.)

As cestas de orgânicos são mais em conta do que comprar no mercado, são entregues na porta de casa, os produtos não têm agrotóxico (claro!) e estão na época – isso quer dizer que são sempre mais saborosos. Às vezes vêm hortaliças que você nunca compra, que não sabe cozinhar, que talvez até nem curta muito. Sabe o quê? Que oportunidade boa de ampliar o seu repertório culinário, o paladar e também o leque de nutrientes que oferece ao seu organismo!

Cada alimento oferece uma composição única de nutrientes para o seu corpo. Por isso a variação é fundamental. Quanto mais hortaliças você consumir, mais saudável fica a sua dieta.

Muitas vezes, por não saber como preparar, deixamos de comprar um alimento. Já a minha sugestão você sabe, né? Entre no Panelinha! Faça uma pesquisa por ingredientes: é só digitar o nome na busca. Você vai conseguir aproveitar a sua cesta de orgânicos inteira no dia a dia.

Se quiser mais informações, escolha a opção glossário da busca do Panelinha. Lá, você vai aprender sobre o sabor, os métodos de cozimento, como escolher e como armazenar cada alimento. Sua alimentação fica mais saudável, seu repertório aumenta, você apoia um pequeno produtor. É assim que combater o sistema alimentar que privilegia os ultraprocessados – e está acabando com a saúde da população.

Na live de terça, usei abóbora e chuchu para turbinar o pê-efe – e mostrei a minha cesta de orgânicos, que tinha acabado de chegar! Na de hoje, preparei quiabo sem o espetinho e legumes assados, como cenoura e rabanete. Espero você ao meio-dia no @Panelinha_RitaLobo, no Instagram.